Minhas Páginas

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Soneto da Separação...

Fez-se do amigo próximo o distante. Fez-se da vida uma aventura errante. De repente, não mais que de repente.

11 comentários:

  1. Pois... Concordo!!

    beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Lindo final de tarde!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá Ani!!
    Ahhh a vida...e seus altos e baixos!!!
    Beijos mil e ótima semana pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Ani!
    Grande Vinicius!
    Foi um prazer conhecer seu espaço de reflexão.
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  5. Muito me contentou as suas palavras o que agradeço.
    Gostei do poema. Desejo também uma semana agradável.
    António.

    ResponderExcluir
  6. O soneto da separação é dos mais bonitos de Vinicius de Moraes!

    Então dona moça, que porreta a sua postagem, Bendito soneto!

    O Sibarita

    ResponderExcluir
  7. Continuamos com Vinicius e este soneto maravilhoso que quase sei de cor...
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Abençoado final de semana!!!!!!! Beijos

    ResponderExcluir
  9. Sempre ótimo, Vinicius. Ótima escolha, Ani. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, Vinicius no seu melhor, é bom ler Vinicius.
    AG

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar um momento seu aqui comigo...