Minhas Páginas

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Desapareceu...

Quando, finalmente, criou coragem e deixou de dar casa, comida e roupa lavada para a tal dor, ela desapareceu.

13 comentários:

  1. Que legal e assim acontece! bjs,chica

    ResponderExcluir
  2. É para pensar e colocar em prática esse ensinamento.
    Ani, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Linda Postagem Ana!
    Amo ler seus poster, sempre nos traz algo a se pensar...
    Bj de carinho, espero-a em meu espaço.

    ResponderExcluir
  4. É... ela fica desnuda e abandonada.
    beijogrande

    ResponderExcluir
  5. Não se pode alimentar nada, acho que só sonhos realizáveis!
    Amei a mensagem, é bem assim!
    Abraços amiga Ani!

    ResponderExcluir
  6. É verdade Ani tudo o que alimentamos, cresce floresce, até a dor. Vamos então alimentar alegrias, amizades, ternura, . Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Uma perfeita reflexão.
    Não devemos valorizar o que nos faz mal.
    Um beijão Ani, bom dia!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  8. Para desaparecer a dor,
    se fosse tão fácil assim
    como colher uma flor
    no campo ou no jardim!

    Boa noite e bons sonhos amiga Ani, um beijo,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  9. É realmente melhor não dar confiança àquilo que nos magoa...
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  10. Pois é dona moça! kkkk

    Cortou o gás, ai não tem dor que segure, ela a dor se pica! kkkkk

    O Sibarita

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar um momento seu aqui comigo...