Minhas Páginas

domingo, 29 de janeiro de 2012

Viva o momento...

Há um momento na vida que nos descobrimos frágeis, vulneráveis e dependentes... É nessa hora que devemos nos dar a chance de deixar o outro nos amar, sem que a gente precise ter um motivo pra aceitar... Devemos só baixar a guarda e ser feliz!

14 comentários:

  1. Ha muito tempo que não passava por aqui.

    Bonitas são as palavras quando escritas com o coraçao e quando são realmente sentidas.

    ResponderExcluir
  2. oi Ani,

    estou exatamente nesse momento,
    deixando meu marido me amar,
    isso cura tudo...
    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Feliz quem se desprende de preconceitos e ama!
    Bjs. Célia.

    ResponderExcluir
  4. linda Ani,
    sábias palavras..
    beijos de carinho..
    vou levar para o FB... ok?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro linda, não precisa nem pedir...
      Você é uma pessoa especial e aqui você pode tudo.

      Beijos

      Excluir
  5. Baixar a guarda é ser simples e não ter vergonha ... o simples é lindo! Lindo Ani!! Uma semana de luz! Bjss

    ResponderExcluir
  6. Oi Ani minha querida, que pensamento lindo!
    Posso tb leva-lo pro FB?
    Beijos minha amiga...com carinho...Mila.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mila querida, claro que pode, também não precisava pedir linda, fico muito feliz que você tenha gostado, porque também adoro tudo que você escreve. Aqui você também pode tudo...

      Beijos

      Excluir
  7. Boa noite, querida amiga Ani.

    Que lindo!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Ani. Lindo amiga. Nesse momento precisamos abrir o coração. òtima semana pra vc. Bjos.

    ResponderExcluir
  9. lá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog O Árabe. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    Abraços

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Ani... tem razão, muitas vezes criamos algumas barreiras que nos impedem de sermos amados, queridos, reconhecidos.
    Precisamos a exercitar mais receber o amo!!! Por mais que se diga, ame para ser amado, se pararmos para pensar, muitas vezes ficamos na defensiva, com reservas por medo de arriscar e sofrer... com isso deixamos de viver....
    Bjs, bom pensamento o seu viu!!

    ResponderExcluir
  11. Chegou a sua amiga, frágil, vulnerável e dependente, mas...sem me fazer de vítima, não tem ninguém pra que eu possa dar a chance de me amar.
    :(
    Tenho procurado não pensar mais nisso, deixar nas mãos de Deus, Ele sabe a hora exata desse alguém aparecer.

    Beijos querida Ani.

    ResponderExcluir
  12. Lindoooooo demaisssssss! Ani vc deixaria eu postar alguns deles no meu face? Se não puder, tudo bem... É que tem muita coisa linda no teu blog... Parabéns!
    Você recebeu meu e-mail? Bjks

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar um momento seu aqui comigo...