Minhas Páginas

domingo, 11 de setembro de 2011

Mudanças...

"A senhora me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (...) Receio que não possa me explicar, Dona Lagarta, porque é justamente ai que está o problema. Posso explicar uma porção de coisas... Mas não posso explicar a mim mesma."

12 comentários:

  1. Uma realidade incontornável num postal maravilhoso! Bjs e bom domingo!

    ResponderExcluir
  2. Deixar a lagarta se transformar em uma linda borboleta e voar.....
    Beijinhos Ani!! Bom domingo!!

    ResponderExcluir
  3. Entre a lagarta e o voo liberto da borboleta fico à espera desse voo que irá energizá-la com toda certeza... Excelente momento de reflexão pra mim! Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ani,
    É sempre bom saber que somos eternos mutantes, sempre em transformação.
    Um belíssimo restinho de fim de semana pra vc
    e uma boa semana.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  5. vida querida Ani..
    beijoss de lindo domingo..

    ResponderExcluir
  6. Ani querida, mudamos constantemente por isso é difícil nos definir, pois somos agora de um jeito que não seremos daqui há pouco. Mas a essência ah essa não muda :)

    bjokitas mil!

    ResponderExcluir
  7. QUERIDA ESTAMOS SEMPRE EM TRANSFORMAÇÃO. FELIZ DOMINGO."As pessoas esquecem o que você diz;
    as pessoas esquecem o que você faz;
    mas elas nunca esquecem o que você
    as fez sentir."

    E vc faz-me sentir feliz com a sua
    amizade.
    BJ
    BRISA

    ResponderExcluir
  8. Essa história é encantadora. Eu amo!

    E, assim como Alice, não posso explicar a mim mesma.

    um beeijo, Ani!

    ResponderExcluir
  9. Ani, melhor mesmo não nos definirmos, porque os demais poderão pensar que foram enganados (rss). Mudamos, mudamos... e ainda teremos muito a mudar.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. oi moça querida...

    que linda postagem e que linda lembrança...
    a vida e seus ciclos que tanto nos deixam ora sem saber pra onde ir, ora sabendo o caminho a seguir...

    beijinhos no coração.


    Su.

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar um momento seu aqui comigo...