Minhas Páginas

terça-feira, 23 de agosto de 2011

As vezes...

Mas enfim, existem coisas que somente o coração é capaz de explicar e as vezes não adianta só virar a página, muitas vezes precisamos rasgá-las...

12 comentários:

  1. Bela Tati, sempre falando uma ou outra coisa por nós! Hehe

    Um ótimo restante de semana, Ani!
    Beijos doces!
    Fiques com DEUS.

    ResponderExcluir
  2. Ani, está tudo bem por ai?? Anda sumida, senti sua falta!
    É querida, há vezes que a página tem que ser rasgada e ainda temos que queimá-la para não ter riscos maiores!

    bjokitas com master carinho meu :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Ani, tudo bem???
    Às vezes é preciso escrever nas folhas em branco uma nova historia.
    Bj!!

    ResponderExcluir
  4. É verdade, as vezes é necessário eliminar todo vestígio do velho, para se poder viver o novo.
    Senti sua falta por aqui.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  5. Que lindo,Ani! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  6. Minha querida

    Uma verdade...por vezes é preferível apagar a página para a voltar a escrever.

    Um beijinho
    Rosa

    ResponderExcluir
  7. Olá, amiga! Por vezes, para se seguir em frente, é preciso não olhar para trás. A felicidade é feita de um caminho que se encontra no presente e segue para o futuro. Belo post, parabéns!

    beijos nossos!

    Jorge & Danie

    ResponderExcluir
  8. E muitas vezes, por fogo, pois corremos o risco de colar pedacinho por pedacinho só para continuar a ler e sofrer...bjin

    ResponderExcluir
  9. Olá amiga vim vê as novi e te convidar para um festão dia 1º na Ilha o convite já está exposto lá, não falte. Beijos doces no coração!

    ResponderExcluir
  10. O coração consegue ver onde os olhos não chegam.

    ResponderExcluir
  11. As vezes precisamos apagar/rasgar das nossas vidas pessoas ou até mesmo momentos em que não nos agregam nada, ou que não nos fazem bem!

    Beijos Flor*

    ResponderExcluir
  12. Oi Ani, sinto que já rasguei várias páginas de meu caminhar, pois sempre nelas eu insistia em voltar, e a dor sempre voltava ao relê-las.

    Lindo querida.
    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar um momento seu aqui comigo...