Minhas Páginas

terça-feira, 12 de julho de 2011

Me permito...

Me permito...
... Quando finalmente me acostumei com essa vida tão sem emoção, tão sem graça e triste, me tranco em um casulo e alguns dias depois, me vejo transformada numa linda borboleta... Ai lembro que sou um ser mutante e que me permito ser o que eu quiser!!!

11 comentários:

  1. O modo como olhamos a vida depende unicamente de nós.

    Um grande beijinho.
    oa.s

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto!!! E, como é verdadeiro. bjs e ótimo dia Ani.

    ResponderExcluir
  3. ...podemos ser o que quisermos ser, basta uma simples decisão.Adorei postagem querida e tenha um bom dia!

    ResponderExcluir
  4. oi Ani,

    mudamos todos os dias,
    um dia nos sentimos lagarta, e
    em outros borboleta...
    hoje é meu dia borboleta!!!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Ola querida amiga
    Estou na final da ostra poesia, me desculpe por mais uma vez vir lhe pedir votinho para a minha poesia, Precisamos. Mas sem a sua ajuda eu não irei conseguir. Prometo que passando esta fase eu virei comentar apenas sobre o conteúdo de seu cantinho.
    Como votar você entra no link …http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/
    No final paginas das poesias esta escrito
    VOTE CLICANDO NA PALAVRA COMENTÁRIOS Lindalva 1 comentários
    Por favor coloque coloque o nome da autora e da poesia, ( Precisamos ... Maria Alice Cerqueira e o nome do seu blog. para que Lindalva possa confirmar seu voto.
    Desde já lhe agradeço de coração.
    Tudo do melhor para você.
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  6. oi. tudo blz? estive por aqui. muito lindo. apareça por la. abraços.

    ResponderExcluir
  7. Linda a imagem...e o texto é perfeito....

    realmente podemos ser o quisermos....


    beijos e carinhos doce Ani....


    Zil

    ResponderExcluir
  8. Ani,
    E o interessante é que para sair do casulo precisa esforço, pois é necessário romper os fios de seda à volta. Assim somos nós, necessitamos agir para sair da mesmice, para transformar essa nossa existência lagarta em viver borboleta!
    beijokas doces, querida Ani.

    ResponderExcluir
  9. Nós somos seres mutantes, é verdade, mas e quando os outros não enxergam aquilo que somos? Quando ninguém repara na borboleta? O que fazer com as asas?
    beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga querida, saudades suas!
    Pois é minha linda. O que é bom em nossa vida, é sabermos, que quando estamos em introspecção, ou casulo, voltamos com uma força maior para viver. Pois não podemos perder essa vontade de que algo seja diferente e muito menos cruzarmos os braços, quando a vida está monótona, senão deixaremos de crescer, e a vida perde a razão de ser.
    Uma linda noite para você, que admiro tanto.
    Um abraço apertadinho e caloroso.

    ResponderExcluir
  11. Amei!!! Tenha uma semana de paz e conquistas, bjs!

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar um momento seu aqui comigo...