Minhas Páginas

terça-feira, 19 de julho de 2011

Doçura...

Minha única distração é a doçura do pôr-do-sol. Mas é preciso esperar que o dia se acabe para contemplá-lo... Quando estamos tristes demais o dia se põe várias vezes num instante...

14 comentários:

  1. Ani, a tristeza muitas vezes, para ser um pouco aliviada, a gente procura no que acha de mais belo, razão para tal.
    Lindo pensamento esse.
    Não sei dizer exatamente, como tento fugir de meus momentos tristes, mas o que me dá um pouco de alívio é rabiscar.

    Beijos de um dia de paz.

    ResponderExcluir
  2. "Quando estamos tristes demais o dia se põe várias vezes num instante..." adorei isso,tão profundo de se ler e sentir ;)
    Ani,Querida!
    Saudades de ti e do teu cantinho,voltei de viagem e vim me encantar aqui um pouquinho!
    Um beijo enorme pra ti,Flor

    ResponderExcluir
  3. perfeito tudop que é dito no pequeno principe
    bjombem lembrado

    ResponderExcluir
  4. Bom dia,Ani!!

    Lindo pensamento e imagem!!
    Fica lindo, teus posts!
    Beijos pra ti querida!!

    ResponderExcluir
  5. oi Ani querida,

    o por do sol,
    sempre nos dá a sensação de estar acabando,
    e acabar um dia,
    significa dar espaço para
    um novo que logo vem chegando...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. A beleza do por do sol encanta-nos e dissipa tristezas.

    Um beijo Ani.
    oa.s

    ResponderExcluir
  7. Lindo pensamento...
    O por do sol é tão melancolico.
    Com cara de despedida...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Quantas vezes se faz noite na tristeza...que saibamos procurar os resquícios do sol.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  9. Ani, "a tristeza pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã"(Bíblia Sagrada).
    Beijos...com carinho e ternura...Mila.

    ResponderExcluir
  10. Olá meu amor!!

    Passando para ler vc e deixar meu beijo!

    Uma ótima tarde!!

    Nos encontramos no Alma!

    ResponderExcluir
  11. eh verdade, viramos um eterno por d sol!
    linda citação =)

    ResponderExcluir
  12. Estou relendo O pequeno príncipe, cada vez com mais encanto. Exupéry traduz a sensibilidade necessária à nossa sobrevivência.

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar um momento seu aqui comigo...